Fator de queda (FQ)

A relação entre a distância da queda e o comprimento da corda ou talabarte é chamado de fator de queda. O fator de queda foi criado com objetivo de calcular a força de impacto exercida pelo corpo do trabalhador no momento de uma queda.

Antes do cálculo do fator de queda os primeiros paraquedistas que abriam seus para-quedas sofriam uma força de frenagem muito forte que em muitos casos provocavam lesões permanentes. Até que depois de uma reunião entre os paraquedistas chegou-se a um consenso mundial onde a força de frenagem não pudesse ultrapassar 6kN (600kgf), de modo a evitar lesões permanentes. Esse combinado vale até os dias atuais.

fator-de-queda

Fator de queda < 1

Neste fator, em situação de queda, o trabalhador terá um impacto menor no corpo, pois o trava queda ou equipamento de talabarte fica preso em um ponto de ancoragem acima da cabeça.

Fator de queda = 1

Nesta situação, o trava queda ou equipamento de talabarte, é fixado a um ponto de ancoragem situado na altura do abdome, sendo assim, caso ocorra uma queda, o trabalhador sofrerá o impacto equivalente ao tamanho do equipamento de proteção de queda, e o impacto no corpo será aumentado.

Fator de queda = 2

Este fator é considerado como o mais perigoso, nele o equipamento de talabarte ou trava queda fica preso em um ponto de ancoragem abaixo dos pés do trabalhador, é altamente arriscado pois em caso de queda o trabalhador terá um impacto equivalente a 2 vezes o tamanho do equipamento de proteção de queda, o impacto sofrido no corpo será ainda maior.